Brasileiro de Motovelocidade: 7ª Etapa Definindo Campeões


A sétima etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, que aconteceu em Jacarepaguá no Rio de Janeiro, foi alucinante, e definiu vários campeões. Na categoria Superbike o paulista Pierre Chofard liderava a prova disparado na frente, porém caiu na décima sexta volta terminando a prova na quinta colocação. Bruno Corano assumiu a ponta, vencendo a prova e aumentando os pontos de vantagem sobre Cachorrão que terminou a prova em terceiro lugar, Rodrigo Benedictis, ocupou a segunda posição na prova, enquanto Alecsandri Brieda ficou na quarta colocação.
Na Categoria Superbike Light, Alan Douglas apesar de cair na Primeira volta, venceu a prova, e já conquistou o Campeonato, enquanto na categoria Superstock Diego Choairy venceu novamente e também já levou o Campeonato de 2009. Na categoria 250cc Murilo Ribeiro, liderava a prova, porém caiu ficando apenas com a sexta colocação, com isso Marciano Santim conquistou o Bi – campeonato por antecipação, ficando em segundo lugar na prova, Danilo Lewis venceu a prova, conquistando os pontos da pole e do treino cronometrado.
Na Categoria 125cc os Brasilienses Patrick Matos e Antonio Thyrso não concluíram a prova, definindo o vice-líder do campeonato, pois Fabiano da Rosa Vaz dominou a prova de ponta a ponta, conquistando 125 pontos. O campeão da Categoria Rafael Portaluppi andou na categoria 250cc ficando na quinta colocação, já se preparando para o campeonato de 2010.
Na categoria 600 Sport I, Carlos Alberto Cruz, vencia a prova, quando caiu de rendimento ficando apenas na 4ª colocação, Maico Teixeira venceu a prova, conquistando o campeonato por antecipação. Na 600 Sport, Mauro Thomassini venceu a prova e é campeão por antecipação com 147 pontos, a disputa pelo vice campeonato ficará para Interlagos/SP, pois Octavio Santos ficou na segunda colocação na prova, diminuindo a diferença para Marcelo Rodrigues que terminou a prova em terceiro lugar, a diferença entre os dois é de apenas 2 pontos.O Campeonato Brasileiro de Motovelocidade tem o patrocínio de Pirelli, Servitec e Silmar. A prova é uma realização da FEMERJ e supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo.
Fonte: Confederação Brasileira de Motociclismo

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s