Rossi por mais três anos


Numa entrevista concedida esta semana à revista Motosprint, o nove vezes campeão mundial da MotoGP, Valentino Rossi, garantiu que se sente com forças para se manter na competição ao por mais três anos.

Além de mostrar que está pronto para lutar de igual para igual com os pilotos mais jovens, Rossi deixou escapar também que, deverá manter-se com a sua atual equipe, a Yamaha.

“Penso que posso competir no topo por mais três anos. A competição é a minha vida e a minha paixão. Eu não preciso de mais nenhuma motivação. Para mudar (de equipe), temos de pensar que vamos para um lugar onde nos vamos sentir melhor. Para mim é difícil de pensar que existe outro lugar onde me sinta melhor do que na Yamaha. Os fãs ficariam contentes por me verem na Ducati, mas não posso tomar decisões baseado nas emoções.”

Mas esta atitude de Rossi não está apenas relacionada com o fato de quando vamos deixar de o ver nas pistas. A verdade é que, esta atitude está a ter efeitos práticos na forma como Rossi tem atacado a pré-temporada da MotoGP, tendo dominado por completo a concorrência.

A última pessoa a confirmar que Valentino Rossi está mesmo disposto a ganhar tudo, é Filippo Preziosi, diretor da equipe Ducati Marlboro. Para o responsável da equipa italiana “se considerarmos que em quatro dias de testes, o Valentino dominou todos os dias, algo que normalmente faz o Casey Stoner, então a situação é um pouco assustadora. Penso que o Valentino está em modo qualificação. Vejo-o focado e agressivo e penso que ele vai atacar ainda mais.”

Fonte: Motociclismo.PT

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s