Lorenzo venceu e convenceu


img29546-1272809811-v580x435

Em uma corrida surpreendente no circuito de Jerez de La Frontera, Jorge Lorenzo passou seu compatriota Daniel Pedrosa na última volta e conquistou a vitória na terceira etapa — a segunda etapa do Japão foi adiada — da temporada 2010 do Mundial de Motovelocidade.

Embalados pela excelente disputa da Moto2, em que Toni Elias foi o vencedor, os astros da MotoGP se alinharam no grid para fechar o dia na cidade espanhola apaixonada pelo motociclismo. Pedrosa, que corre pela Honda de fábrica, saiu na pole e, como sempre, disparou na frente na largada.

Valentino Rossi surpreendeu e ganhou duas posições, passando da quarta para a segunda posição. Nicky Hayden, de Ducati, era o terceiro, seguido por Lorenzo e Casey Stoner, todos muitos juntos até então. Com uma volta completada, Stoner deu uma demonstração de entrosamento com sua Ducati e passou Lorenzo com certa facilidade.

Na frente Pedrosa impunha ritmo e não era ameaçado por Rossi. Com quatro voltas marcadas, o experiente Loris Capirossi caiu e ficou de fora da disputa. Na mesma volta Lorenzo começou sua jornada rumo à vitória, deu o troco em Stoner e ficou com a quarta colocação. Hayden, em terceiro, começou a sentir a pressão do espanhol.

Com nove voltas disputadas, Ben Spies já havia abandonado a corrida. Lorenzo, de tanto pressionar, “tomou” o terceiro lugar de Hayden e com a posição já tinha lugar no pódio. Pedrosa estava bem, não era incomodado por Rossi e sustentava grande vantagem para seu compatriota.

Mas atrás, Marco Simoncelli e Marco Melandri, ambos da Honda Gresini, protagonizavam uma bela disputa. Em uma sequência de ultrapassagens impressionantes, os dois italianos davam o show que o público queria ver. As grandes disputas eram vistas nos pelotões de trás, na frente Pedrosa, Rossi, Lorenzo, Hayden e Stoner não agrediam uns aos outros.

Restando onze voltas para o fim o cenário não era diferente e a etapa de Jerez parecia se encaminhar para um fim bem insosso. Há sete voltas do fim, Lorenzo, correndo em casa, começou a agitar todos os que acompanhavam a corrida. Ele tirou os 4s que o separavam de Rossi e em uma curva para a direita realizou uma ultrapassagem de “gente grande”, deixando seu companheiro de equipe para trás.

Insatisfeito e embalado o espanhol conduzia com maestria sua M1 e encostava em Pedrosa. Os dois passaram a proporcionar um show de disputa em velocidade. A Honda de Pedrosa segurava os ataques de Lorenzo, a torcida alucinada fazia a trilha sonora do embate. Os dois se tocaram por duas vezes, pareciam que iam cair. Rossi encostava e tentava se aproveitar, mas “com a faca nos dentes”, Lorenzo colocou sua equilibrada M1 do lado da CBR do outro espanhol e, na última volta, cruzou a linha de chegada em primeiro.

“O Doutor” completou o pódio, seguido pela Ducati de Hayden e de Stoner. Lorenzo comemorou muito a vitória e a liderança do campeonato e além de cravar sua bandeira com faz de costume, pulou no lago do circuito, precisando de ajuda para sair da água. A próxima etapa do Mundial será realizada em Le Mans, na França, dia 23 de maio.

Tempos de hoje:
1) Jorge Lorenzo (ESP/Fiat Yamaha), 45min17s538
2) Dani Pedrosa (ESP/Repsol Honda), 45min18s081
3) Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha), 45min18s428
4) Nicky Hayden (EUA/Ducati Marlboro), 45min26s553
5) Casey Stoner (AUS/Ducati Marlboro), 45min27s572
6) Andrea Dovizioso (ITA/Repsol Honda), 45mins40s682
7) Mika Kallio (FIN/Pramac Racing), 45min52s027
8 ) Marco Melandri (ITA/Honda Gresini), 45min52s225
9) Randy de Puniet (FRA/LCR Honda), 45min53s698
10) Alvaro Bautista (ESP/Rizla Suzuki), 45min54s329
11) Marco Simoncelli (ITA/Honda Gresini), 45min54s693
12) Colin Edwards (EUA/Yamaha Tech 3), 45min55s798
13) Hector Barbera (ESP/Paginas Amarillas Aspar), 45min55s909
14) Hiroshi Aoyama (JAP/Interwetten Honda), 46min19s59
15) Aleix Espargaro (ESP/Pramac Racing), +3laps

Classificação:
1) Jorge Lorenzo, 45 pontos
2) Valentino Rossi, 41
3) Dani Pedrosa, 29
4) Andrea Dovizioso, 26
5) Nicky Hayden, 26
6) Randy de Puniet, 17
7) Colin Edwards, USA 12
8 ) Casey Stoner, AUS 11
9) Ben Spies, 11
10) Marco Melandri, 11
11) Marco Simoncelli, 10
12) Mika Kallio, 9
13) Hiroshi Aoyama, 8
14) Loris Capirossi, 7
15) Hector Barbera, 7
16) Alvaro Bautista, 6
17) Aleix Espargaro, 1

Fonte:
Equipe MOTO.com.br

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s