Entrevista: Rossi: "eu arrisquei mais aqui do que em muitas outras corridas da minha carreira"


320x212-images-stories-03GP_JEREZ-rossi_box_2

"Esta não foi a nossa corrida."

Rossi sabia a importância do pódio em Jerez, porem estava muito limitado devido a lesão no ombro.

"Sim, o problema no ombro que eu tinha foi um dos fatores, mas o que deu errado foi a preparação da moto. Não encontramos o conjunto certo, nós tentamos mudar alguma coisa durante o warm up, mas eventualmente eu terminei 14.

Na corrida teve um tom diferente, após as luzes se apagaram você já estava atrás de Pedrosa, então o que aconteceu?

"Eu tive um ótimo começo, mas eu não tinha dúvidas de que o ritmo de Pedrosa era bom. A corrida não foi nada fácil. Eu continuei a ter problemas de ordem e, por varias vezes a moto começou a deslizar demais. Na verdade eu arrisquei mais aqui do que em muitas outras corridas da minha carreira. Eventualmente, eu perdi um pouco o "grip” para andar mais rápido. Eu também começei a perder a frente, quando começei a rodar meio segundo mais lento.

Você viu o contato (ombro a ombro) entre Lorenzo e Pedrosa, você provavelmente se lembra o que aconteceu entre você e Gibernau em 2005 aqui em Jerez?

“"Bem, eu teria saído melhor se o contato fossem dadas mais forte. Gente, essa adrenalina nos atingimos quando estamos nas últimas voltas, fazemos de tudo para conquistar a vitoria, damos o nosso limite ".

Voltamos para a corrida e o campeonato, para esperar uma partida tão exigente?

"O campeonato parece bom. Dois pódios (uma vitória,) não é ruim. Eu tive esse problema no ombro, mas agora eu tenho mais duas semanas para pôr em prática e para se recuperar e, na verdade eu não posso reclamar. "

A próxima corrida em Le Mans, a Yamaha não vai decepcionar ?

"Vamos planejar toda a prova e estudar um acerto melhor para a moto em Le Mans, mas no ano passado eu tive o pior registro da temporada lá, temos de ter cuidado."

Vamos voltar a falar sobre o ombro, disse que a viagem é boa para você, mas você tem algo para diminuir a dor antes de começar com a moto para a corrida?

“"Não, eu não tomei antibióticos para dor. Fiz apenas fisioterapia até quinta-feira, corri sem tomar remédios. "

A corrida teve duas pessoas que se destacaram, os dois espanhóis na frente de você pode ter mantido a platéia acordada?.

"Pedrosa e Lorenzo fez um fantástico show na verdade. Por mim, estou realmente feliz com os 16 pontos marcados. Desde que cheguei em Jerez eu sabia que tinha que sofrer, tudo correu bem. MotoGP é bonito, porque é sempre diferente. Stoner tinha começado como um foguete e terminou em quinto. Hayden não é uma surpresa para mim, em Jerez foi muito forte, Lorenzo foi ferido na mão e agora ele ganha, claro, não é divertido. "

Amanhã você já começa a trabalhar a moto para a próxima corrida, uma das poucas ocasiões em que você tem é tentar uma preparação nova, qual vai ser o seu trabalho?

“Certamente vamos tentar resolver o problema dos acertos. Temos já programadas muitas soluções diferentes, vamos tentar amanhã, com algumas soluções eletrônicas.

Anúncios

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s