MotoGP França: Lorenzo volta a vencer


Image

Terceira prova do Mundial de Velocidade, o Grande Prémio de França no traçado de Le Mans foi palco de mais uma grande vitória de Jorge Lorenzo. Desta vez, não foi preciso esperar pelo último terço da corrida para assistirmos à cavalgada do espanhol.

Rossi, que partiu da “pole position”, fez uma grande largada e assumiu o comando, mas levou logo atrás de si Pedrosa e Lorenzo, com este último a passar rapidamente o seu compatriota e rival. Atrás vinham as Ducati de Stoner e Hayden, mas Casey Stoner sofreu uma queda logo à segunda volta, não conseguindo “ir buscar” a traseira da Desmosedici, e faturou o seu segundo abandono do ano em três corridas.

Na frente, as duas Yamaha confirmavam o favoritismo, e Lorenzo ensaiou o primeiro golpe à 7ª das 28 voltas, mas Rossi devolveu a ultrapassagem logo em seguida. No entanto, à 10ª foi de vez: Lorenzo passou para a frente e foi embora do companheiro de equipe. A partir daqui, foi um desfilar monótono, como tem sido tantas vezes habitual, com Pedrosa isolado no terceiro posto, embora Dovizioso ganhasse terreno.

Andrea Dovizioso passa Pedrosa e assegura o lugar mais baixo do pódio, enquanto Nicky Hayden também passa o espanhol e consegue, uma vez mais, o quarto lugar (a sua posição este ano nas três corridas já disputadas).

Atrás de Pedrosa ficou Marco Melandri, autor de um grande arranque e muito boa corrida, enquanto o piloto da casa, Randy de Puniet, foi sétimo. Terminaram apenas 13 pilotos, pois Bautista não alinhou, e Stoner, Spies e Capirossi abandonaram por queda prematuramente.

Com este resultado, Jorge Lorenzo amplia de 4 para 9 pontos a sua vantagem sobre Rossi no Campeonato, e Dovizioso é terceiro já a 28 pontos do líder.
Nas Moto2, muitas quedas e segunda vitória consecutiva para Toni Elías, que assim passa a liderar o campeonato com mais 18 pontos que Shoya Tomizawa, um dos desistentes.

Julian Simon foi segundo, dando razão a Jorge Martinez, que decidiu trocar para os chassis Suter nesta corrida, e Simone Corsi foi o terceiro.

O domínio espanhol neste G.P. de França foi reforçado nas 125 cc, com nada menos que quatro espanhóis nos quatro primeiros lugares. Espargaró voltou a vencer, seguido de Terol, Marquez e Vasquez. No campeonato, Nico Terol ainda lidera com mais dois pontos do que Espargaró, e estão cinco espanhóis no topo da tabela.
No total, em nove corridas disputadas este ano, somadas todas as classes, os pilotos espanhóis já venceram 7 vezes (três em 125 cc, duas em Moto2 e duas em MotoGP).
O Mundial de Velocidade prossegue de 4 a 6 de Junho, com o G.P. de Itália em Mugello.

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s