SBK: Reitwagen acabou?


090610pitth

A BMW deverá continuar participando do Mundial de Superbikes apenas com as duas motos de fábrica, com os pilotos Troy Corser e Ruben Xaus aos seus comandos. É que a Reitwagen, equipa privada que este ano estreou no mundial com duas S1000 RR, não esteve presente nas últimas provas e ainda não anunciou os seus planos para o futuro e, pior que isso, acaba de ver o seu principal piloto mudar-se para o Campeonato Britânico de Superbikes, pelas mãos da equipe Motorpoint Yamaha.

Andrew Pitt, piloto australiano e antigo campeão mundial de SSP, era uma forte aposta da Reitwagen, que agora decidiu continuar a sua carreira por terras de “Sua Majestade”. Ainda sem confirmação do fim da sua equipe no Mundial de SBK, Pitt já falou sobre a nova experiência que o espera, tendo demonstrado todo o seu entusiasmo

“Vou ter de aprender a maioria dos circuitos mas eu gosto disso e a equipe tem muitos dados da temporada passada. A moto é fantástica. É diferente trabalhar com o feeling que este motor nos dá, mas estou muito entusiasmado por ter esta oportunidade.”

Quanto ao segundo piloto da equipe, o austríaco Roland Resch, ainda nada se sabe em relação ao seu futuro.

Fonte: motociclismo.pt

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s