SSP: Triumph com menos um piloto


1

A equipe Triumph ParkinGO BE1 Racing, viu o seu esforço neste campeonato ficar reduzido com apenas três pilotos, após Jason DiSalvo ter deixado a equipe por sua vontade, queixando-se que a marca britânica não tem capacidade para lhe disponibilizar o mesmo tipo de material que aos seus companheiros.

De fato, tal situação não será difícil de compreender, pois a Triumph decidiu realizar um enorme esforço esta temporada ao competir com quatro motos, quando o normal seria participar com duas motos. Com tantas motos e pilotos a necessitarem de atenção, DiSalvo afirma que não consegue receber material tão bom como o dos seus companheiros, o que na pista se traduz em 10 a 15 km/h de diferença de velocidade máxima para os pilotos mais rápidos.

DiSalvo, piloto vencedor de corridas nas Supersport, Superstock e Formula Extreme americanas, é apenas mais uma modificação em termos de pilotos na equipe Triumph esta temporada, tendo como melhor resultado esta temporada, um oitavo lugar em Phillip Island.

Recordamos que inicialmente a marca britânica anunciou que os seus dois pilotos para 2010 seriam Chaz Davies e Garry McCoy. Pouco tempo antes do início da temporada, McCoy foi dispensado e decidiram aumentar para quatro pilotos: Chaz Davies, Jason DiSalvo, David Salom e Sebastien Charpentier. Charpentier não durou muito tempo na equipe, tendo sido substituído por Mattieu Lagrive.

Fonte: motociclismo.pt

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: