Stoner invencível em Phillip Island


Casey Stoner ganó en Phillip Island por cuarta vez

Casey Stoner nunca será vencido como piloto da Ducati no Grande Prêmio da Australia, após conquistar sua quarta vitória consecutiva em Phillip Island.

O australiano, que vai para a Honda na temporada do ano que vem, não deu chances  para seus rivais. Largou da pole e com apenas duas voltas já havia aberto dois segundos de diferença.

O recém coroado Campeão do Mundo, Jorge Lorenzo, bem que tentou, mas o ritmo de Stoner estava melhor e em sua terceira vitória no ano abriu 8s598 do piloto da Fiat Yamaha.

A briga pelo terceiro lugar foi mais intensa, com Ben Spies, Nicky Hayden, Marco Simoncelli e Valentino Rossi trocando de posições nos estágios iniciais.

Rossi, que começou a prova na pior posição desde 2008 (oitavo) não largou bem e caiu para a nona colocação no fim da primeira volta. O italiano foi ao pódio de Phillip Island todas as vezes desde 1998 – cinco vitórias 2001 a 2005 – melhorou seu ritmo e foi lutar pela terceira posição.

Rossi não perdeu tempo ultrapassando o trio na frente dele, fazendo contato com seu futuro companheiro de equipe na Ducati no processo e chegou ao terceiro lugar na oitava volta.

Porém, Stoner e Lorenzo estavam longe e Rossi tinha que se preocupar com Hayden, que o estava atacando querendo tomar a posição de volta. O campeão de 2006 conseguiu ultrapassar Rossi na volta 25, entretanto foi superado pelo italiano no final da mesma volta.

Com este resultado, a Fiat Yamaha conquistou o título das contrutoras do campeonato Mundial de Motovelocidade, 39 pontos na frente da Honda.

Pilotando numa pista onde ele foi vitorioso em sua estréia no WSBK em 2009, Spies passou a maior parte da corrida lutando com Simoncelli pela quinta posição, que conquistou faltando cinco voltas para o final.

O companheiro de equipe de Spies, Colin Edwards, ficou com a sétima posição, seguido pela Pramac Ducati de Aleix Espargaro. Marco Melandri e Randy de Puniet fecharam os dez melhores.

Mika Kallio, em sua última etapa na MotoGP antes de ser substituído por Carlos Checa nas duas últimas rodadas, ficou em décimo primeiro.

Nenhum piloto da Repsol Honda terminou a prova, já que Andrea Dovizioso abandonou com problemas técnicos e seu companheiro de equipe não participou da corrida por conta da dor em sua clavícula.

Austrália foi a última das três etapas consecutivas. A próxima e penúltima rodada do ano acontecerá em Estoril, Portugal, no dia 31 de outubro.

Resultados:

1) Casey Stoner (AUS/Ducati Marlboro), 41min9s128

2) Jorge Lorenzo (ESP/Fiat Yamaha), 41min17s726

3) Valentino Rossi (ITA/Fiat Yamaha Team 41m 27.125s

4) Nicky Hayden (EUA/Ducati Marlboro), 41min27s163

5) Ben Spies (EUA/Monster Yamaha Tech 3), 41min31s339

6) Marco Simoncelli (ITA/San Carlo Honda Gresini), 41min34s145

7) Colin Edwards (EUA/Monster Yamaha Tech 3), 41min44s296

8 ) Aleix Espargaro (ESP/Pramac Ducati), 41min55s322

9) Marco Melandri (ITA/San Carlo Honda Gresini), 41min55s422

10) Randy de Puniet (FRA/LCR Honda), 42min08s763

11) Mika Kallio (FIN/Pramac Ducati), 42min08s792

12) Alvaro Bautista (ESP/Rizla Suzuki), 42min08s860

13) Hiroshi Aoyama (JAP/Interwetten Honda), 42min14s157

14) Hector Barbera (ESP/Paginas Amarillas Aspar), 42min14s181

Fonte: Equipe MOTO.com.br

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s