Chefe executivo da MotoGP afirma querer trazer categoria ao Brasil


Carmelo-Ezpeleta_750_500

O chefe executivo da MotoGP, Carmelo Ezpeleta, afirmou que após a inclusão da Argentina como uma das provas da categoria para 2014, a modalidade quer agora agregar o Brasil ao seu calendário em 2015.

– Nós iremos à Argentina no ano que vem e em um futuro próximo ao Brasil – deixou claro.

O Mundial de Motovelocidade não desfila suas máquinas por aqui desde 1992, quando o GP do Brasil foi realizado em Interlagos. Ezpeleta afirma que os planos da categoria são para correr em Brasília.

– Eles (o circuito) estão prontos para realizar o GP, mas ainda não sei se estão aptos a fazer todas as obras antes do fim deste ano. Estamos mirando em 2014, mas é mais provável que seja em 2015 – esclarece.

O atual calendário da modalidade é composto por 19 provas. Ezpeleta acredita que 20 provas seriam o número máximo por temporada, e considera 18 corridas como o ideal. É possível que com a inclusão do Brasil, Espanha ou EUA passem a ter menos corridas na temporada.

Fonte: Sportv

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s