Lorenzo tira leite de pedra, mas não segura Honda em Brno, e Márquez chega ao quarto triunfo seguido


2013823173155_2013_r11_fri_pic_2_II

 

Ninguém segura Marc Márquez. O novato espanhol chegou ao seu quinto triunfo na temporada – o quarto consecutivo – depois de mais uma atuação espetacular. Apesar do desempenho esplêndido de Jorge Lorenzo, que tirou da M1 o que ela não tinha para oferecer, o estreante da Honda conseguiu se impor e recebeu a bandeira com 0s313 de vantagem.

Certamente insatisfeito por ter sido derrotado por seus principais rivais, Lorenzo não tem do que reclamar em relação a sua atuação. O bicampeão começou a prova deste domingo com uma excelente largada. Saindo em quinto, Jorge assumiu a ponta ainda nos primeiros metros e chegou a abrir uma pequena diferença.

Com o ótimo desempenho das RC213V, Márquez e Pedrosa – embora brigando pela segunda posição – conseguiram se aproximar, entrando pela briga pela ponta. Lorenzo lutou o tempo todo para se manter na frente, mas não suportou a pressão de Marc e caiu para a segunda colocação.

Combativo, o espanhol seguindo espremendo a M1, tirando mais do que podia do protótipo nipônico, mas assistiu Márquez escapar na ponta rumo ao seu quarto triunfo seguido. Com Pedrosa em bom ritmo, Jorge ainda teve de se defender dos ataques do piloto da moto 26, mas não teve como fazer frente a força da marca de Hamamatsu.

20138242113412_outfoto_II 

Lorenzo perdeu o segundo posto no pódio por uma diferença de 1s964 para Pedrosa, mostrando que, mesmo em um circuito que historicamente sempre foi positivo para a Yamaha, a marca de Iwata tem problemas para desafiar os rivais japoneses. Longe da forma exibida nos melhores anos de sua carreira, Valentino Rossi mostrou mais uma vez que não perdeu uma de suas principais qualidades. Pressionado por Álvaro Bautista, o multicampeão perdeu o quarto posto para o espanhol no penúltimo giro. O italiano seguiu pressionando e, na última volta, garantiu a quarta colocação, brigando com o piloto da Gresini até a linha de chegada.

 

MotoGP, GP da República Tcheca, Brno, Final:

1
Marc MÁRQUEZ
ESP
Honda
42.50.729
22 voltas
2
Dani PEDROSA
ESP
Honda
+0.313
3
Jorge LORENZO
ESP
Yamaha
+2.277
4
Valentino ROSSI
ITA
Yamaha
+10.101
5
Álvaro BAUTISTA
ESP
Gresini Honda
+10.178
6
Stefan BRADL
ALE
LCR Honda
+19.807
7
Andrea DOVIZIOSO
ITA
Ducati
+35.015
8
Nicky HAYDEN
EUA
Ducati
+35.354
9
Andrea IANNONE
ITA
Pramac Ducati
+51.149
10
Aleix ESPARGARÓ
ESP
Aspar
+56.392
11
Colin EDWARDS
EUA
Forward
+57.420
12
Michele PIRRO
ITA
Pramac Ducati
+1:05.430
13
Danilo PETRUCCI
ITA
Ioda
+1:12.364
14
Hiroshi AOYAMA
JAP
Avintia
+1:13.500
15
Randy DE PUNIET
FRA
Aspar
+1:14.128
16
Yonny HERNÁNDEZ
COL
Paul Bird
+1:14.991
17
Cal CRUTCHLOW
ING
Tech3 Yamaha
+1:20.640
18
Michael LAVERTY
ING
Paul Bird
+1:34.462
19
Karel ABRAHAM
TCH
AB
+1:49.713
20
Bryan STARING
AUS
Gresini Honda
+1:50.024
21
Martin BAUER
AUT
Remus
+1 volta
Bradley SMITH
ING
Tech3 Yamaha
NC
Lukas PESEK
TCH
Ioda
NC
Claudio CORTI
ITA
Forward
        NC
Héctor BARBERÁ
ESP
Avintia
NC
Condições do tempo
Pista seca
ar: 17°C | pista: 23°C
POLE
Cal CRUTCHLOW
ING
Tech3
1:55.527
168.3 km/h
VMR
Marc MÁRQUEZ
ESP
Honda
1:56.135
167.4 km/h
REC
Jorge LORENZO
ESP
Yamaha
1:56.274
167.2 km/h
MV
Cal CRUTCHLOW
ING
Tech3
1:55.527
168.3 km/h

Fonte: Grande Prêmio

Fotos: Divulgação HONDA / YAMAHA

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s