Marc Marquez garante mais uma vitória, a 4ª seguida da temporada


MarcMarquez-Alemanha01

A largada frenética deu a impressão de que o GP da Espanha seria marcado por uma disputa ferrenha no circuito de Jerez de La Frontera. Mas o prodígio Marc Márquez provou que ainda tem fôlego de sobra para manter o domínio total na principal categoria do Mundial de Motovelocidade. No quintal de casa, o espanhol de 21 anos deu fim ao tabu de nunca ter vencido na pista andaluza e, de quebra, bateu o recorde de maior sequência de vitórias largando da pole position, superando o feito do italiano

Para destruir a marca de Agostini, apontado por muitos como o maior piloto sobre duas rodas de todos os tempos, Márquez precisaria garantir sua quarta vitória consecutiva largando da ponta do grid, após ter registrado 100% de aproveitamento no Catar, nos Estados Unidos e na Argentina. No início da corrida, a missão parecia complicada. O italiano Andrea Dovizioso saiu da sexta posição para tomar a dianteira. Em seguida, o multicampeão Valentino Rossi costurou e assumiu a frente. Disputando o 100º GP de sua carreira, Márquez estava ameaçado.

Após travar uma intensa batalha com “O Doutor” na primeira volta, o jovem campeão reconquistou a liderança da prova e, no terceiro giro, já estava meio segundo à frente do veterano italiano. A partir daí, o cenário que se desenhou nas três primeiras etapas da temporada 2014 voltou a aparecer. A Honda de Márquez se distanciou ainda mais dos adversários, enquanto Rossi explorava ao máximo sua Yamaha para segurar o segundo lugar. Logo atrás, Dani Pedrosa desbancou o bicampeão Jorge Lorenzo para completar o pódio.

Aniversariante do dia, Lorenzo não teve motivos para comemorar em Jerez. Terceiro colocado no GP da Espanha do ano passado, o bicampeão chegou à marca de 200 GPs no Mundial decepcionado com a performance de sua Yamaha. No dia em que completa 27 anos, o espanhol acabou fora do pódio e a intermináveis 8s541 do compatriota e rival Márquez. O atual campeão dispara na liderança do campeonato, com 100 pontos, seguido pelo companheiro Dani Pedrosa, que soma 72, e Valentino, com 61. Lorenzo tem 35 pontos e é apenas o 5º, atrás de Dovizioso, da Ducati, com 45.

Confira os 10 primeiros colocados do GP da Espanha:

1. Marc Márquez (Espanha/Honda): 45min24s134 (27 voltas)
2. Valentino Rossi (Itália/Yamaha): +1s431
3. Dani Pedrosa (Espanha/Honda): +1s529
4. Jorge Lorenzo (Espanha/Yamaha): +8s541
5. Andrea Dovizioso (Itália/Ducati): +27s494
6. Álvaro Bautista (Espanha/Gresini Honda): +27s606
7. Aleix Espargaró (Espanha/Forward): +27s917
8. Bradley Smith (Inglaterra/Tech3 Yamaha): +27s947
9. Pol Espargaró (Espanha/Tech3 Yamaha): +29s419
10. Stefan Bradl (Alemanha/LCR Honda): +32s872

Fonte: SporTV

grid motors

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: