Fórmula 1 x MotoGP: o duelo definitivo


F1

Esta dúvida atormentam os petrolheads já há algum tempo. Uma máquina da MotoGP pode acelerar como o diabo e ter uma velocidade final incrível, mas não chega nem perto de um F1 em termos de pressão aerodinâmica, o popular downforce, e de frenagem.

Vamos para os fatos: será que Marc Marquez e sua Honda RC213V conseguem superar o RB11 de Daniel Ricciardo? Ou será que não? O Redbull.com.br deu uma bela olhada nessas duas máquinas para te ajudar neste tira teima.

MotoGP Repsol Honda Team F1 Red Bull Racing 2015

ACELERAÇÃO

0 a 100 km/h: é uma medida bem complicada de comparar, por conta da quantidade da potência que pode dificultar a tração e, com isso, a informação de qual é mais rápido. Afinal, o carro de F1 quer rodar e a MotoGP não consegue deixar a roda frontal no chão. Contudo, ambos têm uma performance parecida, podendo atingir a marca de 100 km/h em torno de 2s6.

0 a 200 km/h: este é um território da MotoGP. A cerca de 180 km/h, a eletrônica toma conta de um carro de F1, enquanto o piloto de MotoGP pode trabalhar no acelerador. O F1 faz em 5s2, mas a moto atinge isso em 4s8.

0 a 300 km/h: Aqui, a MotoGP precisa de 11s8, mas o monoposto requer somente 10s6. Passando desta velocidade o carro precisa de longas retas, enquanto a moto pode seguir com tudo.

GoPro Hero 4

 

VELOCIDADE MÁXIMA

Dani Pedrosa obteve o melhor tempo de classificação para o GP da Catalunha de 2014 com o tempo de 1min40s985. Sua velocidade final no fim da reta foi de 341,8 km/h, enquanto a Ducati de Yonny Hernandez foi ainda mais veloz com 344,7 km/h. O recorde total foi o de Andrea Iannone: 349,6 km/h com uma Ducati em Mugello.

Neste ano, Nico Rosberg marcou o tempo de 1min24s681 em Barcelona com uma Mercedes abastecida para duas voltas. Uma enorme diferença de 16 segundos! E mesmo com uma velocidade total menor, de 325 km/h.

O recorde da pista é de Kimi Raikkonen, em 2008, ainda mais veloz em 1min21s670. O motivo? O carro de F1 faz curvas de forma insana por dois motivos: pneus mais largos e uma aerodinâmica extremamente refinada.

MotoGP Repsol Honda Team F1 Red Bull Racing 2015

DOWNFORCE

A MotoGP tem dois problems principais: é pequena, mas não é páreo para a F1 com uma aerodinâmica bem mais sofisticada.

O carro pode ter mais tração pelos pneus mais largos e, sim, pela aerodinâmica. O monoposto consegue realmente voar em curvas de alta velocidade. Um case claro é a curva logo após a reta principal em Valência. O monoposto reduz de 312 pra 240 km/h, enquanto a Moto bixa de 327 para 115 km/h!

Em algumas curvas o piloto de F1 precisa apenas tirar o pé do acelerador enquanto o piloto de MotoGP precisa frear muito tarde.

Aliás, o downforce é tão forte na F1 que aos 300 km/h um carro andaria tranquilamente de ponta-cabeça sem se preocupar em cair no chão.

MotoGP Repsol Honda Team F1 Red Bull Racing 2015

FRENAGEM

Um carro de F1 não tem rivais neste respeito e é capaz de gerar forças de até 5G. Sem asas, flaps e afins, a MotoGP não tem como competir em velocidade de curvas. O monoposto é mais estável graças à um centro de gravidade baixo e melhor tração, enquanto o MotoGP fica com a moto traseira no ar durante a freada. Isso significa que a moto precisa frear 200 metros antes e o piloto precisa usar todo seu corpo enquanto trabalha com o guidom e os pedais.

 

Comprar Capacete AGV é aqui:

capacete agv

Capacete AGV K3 SV | Grid Motors

 

 

Um comentário sobre “Fórmula 1 x MotoGP: o duelo definitivo

  1. Questões complexas de construção e aerodinâmica, sem falar, da própria natureza das máquinas vão manter o F1 como o mais rápido… mas a física da frenagem e do contado dos pneus desequilibra muito a disputa.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s