INTERMOT: Novidades da KTM

KTM 990 SMT

A KTM mostrou em Colónia pela primeira vez a moto que resulta da sua aliança com os indianos da Bajaj. A KTM Duke 125 será a grande estrela da marca para atacar o mercado em 2011, onde também poderemos esperar uma 990 SMT com ABS e, para os viciados em autódromos, a RC8 R Track será a solução para os seus sonhos.
Começamos, claro, pela grande novidade. A Duke 125 mostrou-se pela primeira vez ao público na INTERMOT e com grande sucesso. A pequena Duke já está pronta a passar à produção, esperando a KTM que o seu novo motor monocilíndrico de 125 cc a quatro tempos, com uma potência máxima de 15 cv, se torne num sucesso pela Europa fora. De fato, a Duke 125 será apenas o ponto de partida para no futuro este motor sofra evoluções que irão permitir atingir uns “impensáveis” 20 cv para uma moto com este tipo de motor.
Sendo uma moto vocacionada para cativar os mais jovens motociclistas europeus e, sabendo a KTM que os jovens hoje em dia pretendem personalizar as suas motos para se diferenciarem dos restantes, na INTERMOT estiveram em exposição duas versões da Duke 125, uma delas completamente personalizada e cativante.

 

KTM RC8 R Track

Nas motos de maior cilindrada austríacas as novidades não são muitas para 2011. No Salão de Colónia – INTERMOT, a KTM mostrou as novas decorações para a 990 SMT agora com pintura em branco, preto e o tradicional laranja. Mas o grande rumor que ficou no ar é o fato da 990 SMT passar a contar com ABS. A KTM apenas anunciou a introdução de algumas melhorias técnicas que, ao que tudo indica, serão mesmo a instalação do sistema ABS.

KTM Duke 125

Por último a KTM apresentou a RC8 R Track, uma superdesportiva pensada e criada para os viciados no mundo da competição em duas rodas. Esta moto conta com especificações técnicas das categorias Superstock e não está homologada para circular em estradas públicas. É um modelo para ser utilizado especificamente em pista.

Fonte: Motociclismo.PT