Macacão com airbag agora é obrigatório na MotoGP em 2018

Macacão com airbag agora é obrigatório na MotoGP em 2018

Mundial de Motovelocidade anunciou nesta semana uma nova regra que deve deixar as competições de sua categoria principal mais seguras a partir desta temporada. Agora, todos os pilotos deverão vestir macacões equipados com airbags que protejam, pelo menos, os ombros e a clavícula. Os modelos que protegem também às costas são opcionais, mas caso a equipe e o piloto resolvam adotá-lo, ele deverá cobrir toda a coluna.

Segundo o site da MotoGP, o equipamento de proteção ainda deverão ser certificados pelos fabricantes de que não correm o risco de inflar por acidente e, se isso acontecer, que ele não ofereça risco aos pilotos durante as provas. Outro requisito é que nada seja instalado na moto para que o airbag funcione e aqueles dispositivos de disparo que utilizam cordões amarrados na moto e no piloto estão proibidos.

Os testes serão conduzidos pelos próprios fabricantes. De acordo com o comunicado oficial publicado pelo site do Mundial, a nova regra é uma forma de “deixar a MotoGP o mais segura possível e em constante evolução”. Por enquanto, duas marcas saem na frente no desenvolvimento de roupas com esse tipo de equipamento: Dainese e AlpineStars. Entretanto, desde 2015, a Dainese desenvolve sua tecnologia D/Air, que envolve também GPS, os cilindros de ar comprimido e as baterias responsáveis pela ativação do equipamento, na forma de plataforma aberta, acessível para que outros fabricantes a reproduzam.

Fonte: Motociclismo Online