Projeto quer limitar velocidade das motos em 110 km/h

Um projeto que prevê a instalação obrigatória de limitador de velocidade para motocicletas e motonetas, independentemente da cilindrada, para que não ultrapassem a velocidade de 110 km/h foi aprovado pela CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) do Senado. A proposta do PLS 96/2007 é de autoria do senador licenciado pelo PRB e atual ministro da Pesca, Marcelo Crivella. Se não houver emendas na próxima reunião a matéria segue para análise da Câmara dos Deputados.

Dispositivos para controlar a velocidade de máxima de veículos costumam ser instalados de fábrica em carros superesportivos equipados com sistema eletrônico de limitação de velocidade para até 250 km/h e em picapes e outros utilitários para andarem até 160 km/h e 180 km/h. Note que esse tipo de restrição de velocidade fica bem acima de 110/h para aumentar o nível de segurança em vias rápidas e facilitar as ultrapassagens nas estradas.

Por se tratar de uma mudança extremamente polêmica e com argumentos bastante discutíveis, o projeto deve acabar tendo o mesmo destino de outras propostas de regulamentação para motos que acabaram rejeitados e “engavetados” em alguma das esferas do poder público. Vale lembrar outros temas complexos que não foram para frente, como a proibição de motocicletas abaixo de 250cc nas rodovias, numeração da placa e de chassi no capacete, jaqueta com airbag e por aí vai…

Foto: Divulgação

Equipe MOTO.com.br