Quarta etapa do SuperBike Series Brasil é marcada por disputas emocionantes

Quarta etapa do SuperBike Series Brasil é marcada por disputas emocionantes

São Paulo (SP) – Sobrou emoção na quarta etapa do SuperBike Series Brasil 2013, disputada neste domingo (30), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). A maior competição de motovelocidade da América Latina foi marcada por disputas intensas, corridas decididas na linha de chegada e pilotos subindo ao pódio pela primeira vez. Foi o caso do italiano Sebastiano Zerbo (#81), da Team SBK Ducati Perfect Motors, vencedor da SuperBike Pro.

A vitória de Zerbo começou a se desenhar logo na largada, quando ele pulou da terceira para a primeira posição e, durante as 15 voltas, andou na frente. Só foi ameaçado quando a direção de prova mostrou a bandeira amarela na sétima volta, mas depois da relargada, na décima passagem, ele voltou a abrir vantagem e foi assim até o final.

O italiano festejou muito o primeiro lugar. “A vitória foi muito gratificante. Dedico à minha equipe. Hoje foi muito complicado por causa das condições da pista”, declarou o piloto, em referência a pista molhada.

O segundo colocado foi Alan Douglas (#78), da PRT/Grid Club/Siemaco. Em terceiro chegou Heber Pedrosa (#42), da Elf Monster Energy Kawasaki SuperBike Team. José Luiz Cachorrão (#51), da Equipe Honda Mobil, ficou com a quarta colocação e Ricardo Pelosini (#19), da Wynn’s Racing, completou o pódio na quinta colocação.

Nas demais categorias, os destaques ficaram para as chegadas emocionantes, como na Copa Kawasaki Ninja 300cc Pro, em que Sabrina Paiuta (#88), da Mobil Rush Racing Team, conquistou a primeira vitória da temporada cruzando a linha de chegada apenas 154 milésimos de segundo à frente de André Gama (#46), da Procomps Racing Team. E na Copa Honda CB 300R Pro, na qual Mauricio Venhoven, o Sagui (#17), da Tuba Racing Team, chegou 91 milésimos de segundo antes de Oswaldo Jorge filho, o Duende (#55), da Duende Racing.

Confira o que de melhor ocorreu nas demais categorias:

SuperBike Pro Amador – Joãozinho Sobreira (#113), da Andric Motorcycle, faturou o primeiro lugar na SuperBike Pro Amador. “A corrida foi muito difícil porque não ando bem na chuva. Mas foi maravilhosa a briga com o Marcelo da Cruz (#28) [da BH Racing, que chegou em segundo] e os demais companheiros”, afirmou. Marcelo Cortes (#144), da SBK Rio, foi o terceiro. Rodrigo Adami (#55), da Sapienza Racing, foi o quarto. Leo Moya (#7), da Motom, chegou em quinto lugar.

SuperBike Pro Master – Ricardo Sune (#133), da SBK Rio, foi o primeiro entre os pilotos da SuperBike Pro Master. “Foi uma corrida muito difícil. Fiquei muito contente por ter terminado sem cair. Este é um campeonato muito bom de ver e participar”, afirmou. O segundo colocado foi Elson Tenebra (#2), da K10. Em terceiro chegou Ricardo Gornati (#99), da RacinGornati. Carlos Augusto Pop (#94), da Fast Pop, foi o quarto.

SuperBike Pro Estreante – Paulinho Kamba (#169), da HPN Racing Team, faturou o primeiro lugar na SuperBike Pro Estreante. “Estou muito feliz. Este troféu vai para o Pernambuco. Esta é a minha segunda corrida no campeonato. Evolui bastante e superei as dificuldades”, afirmou o piloto. Ricardo Fox (#69), da Motor e Cia Racing Team, foi o segundo, com Pablo Moyses (#777), da BH Racing. O quarto colocado do dia foi Du Rodrigues (#13), da Simohara Motorcycles. Ricardo Matiussi (#130), da Motor e Cia Racing Team, completou o pódio.

SuperBike Light – Rodrigo Sobral (#120), da Rtech, foi primeiro colocado da SuperBike Light. Em segundo chegou James Michael, Mike (#137), da Misano Racing Team, seguido por Flávio Sukar (#57), da HPN Racing Team. O pódio foi completado por Willians Sales Piui (#111), da Misano Racing Team e Abner Gatto (#6), da Duas Rodas Team Racing.

SuperBike Light Master – Francisco Jesuino (#168), da Aclat Racing, terminou em primeiro lugar entre os pilotos da categoria SuperBike Light Master. Fernando Firpo (#25), da Amigos Racing, ficou em segundo, com José da Cunha (#133), BordSak. Walter Agustin Lavorrese (#116), da SBK Brasil, ficou em quarto, e Carlos Quintas (#11), da SBK Rio, no quinto lugar.

600cc SuperSport Pro – Ives Moraes (#23), da equipe Motom, foi o vencedor da categoria 600cc SuperSport Pro. Ele liderou de ponta a ponta. O segundo a cruzar a linha de chagada foi o venezuelano Armando José (#171), que disputou pela primeira vez uma corrida no Brasil. O pódio foi completado por Gustavo Cecarelli (#79), da HPN Racing Team, que também estreou no SuperBike Series Brasil, e ficou em terceiro. Alex Schultz (#22), da Schultz Racing Team, ficou em quarto e Gabriel Peralta (#13), da mesma equipe, ficou com o quinto lugar.

600cc SuperSport Pro Amador – Marcus Trotta (#66), da Motom, foi o vencedor da categoria Pro Amador na 600cc SuperSport. Em segundo chegou Antonio Carlos Franzen (#10), da Fast Brothers Team, seguido por Douglas Pecoraro (#19), da Bike’s Wash Racing, que chegou em terceiro. O pódio foi completado por Fabrício de Castro (#75), da BH Racing, e Rafael Jubram (#84), da Amigos Racing Team.

Copa Honda CBR 600F Pro – O piloto Geison Barros (#2), da equipe LGR Rodabril Team, conquistou o primeiro lugar na Copa Honda CBR 600F Pro. “O resultado foi acima do esperado. A estratégia deu certo, tive que me superar, pois a pista estava muito lisa”, afirmou. A segunda colocação foi obtida por Giovandro Tonini (#89), da Alemão Pneus Racing.

Copa Honda CBR 600F Light – Lucas Teodoro (#41), da ST Racing, foi o vencedor da categoria Light na Copa Honda CBR 600F. “A pista estava lisa, mas consegui andar bem”, afirmou. O segundo colocado foi Beto Van Cleef (#162), da Team Faster Honda. Em terceiro lugar chegou Lucas Dezeró (#7), da Alemão Pneus. Fábio Prandini (#5), da Misano Racing Team, ficou em quarto. Roberto Bongiovanni (#6), da 299 Speed Point/Speed Door, ficou em quinto.

Copa Honda CB 300R Pro – Mauricio Venhoven , o Sagui (#17), da Tuba Racing Team, foi o vencedor da Copa Honda CB 300R Pro. Em segundo lugar chegou Oswaldo Jorge filho, o Duende (#55), da Duende Racing. Anderson dos Santos (#84), da Racers 43, foi o terceiro, com Silvio dos Anjos (#30), da Rodas Mil Competições, em quarto e Celso Pimenta (#675) em quinto. A prova, mais uma vez, foi marcada por intensa disputa. Duende, que largou na pole, andou sempre entre os primeiros, mas acabou ultrapassado na chegada. A diferença foi de apenas 91 milésimos de segundo. “Foi uma vitória muito difícil, definida no fio da navalha”, afirmou Sagui. “Foi uma grande corrida, uma excelente disputa e a briga continua forte”, disse Duende.

Copa Honda CB 300R Light – Juninho Cerino (#85), da José Preparações, estreou na Copa Honda CB 300R Light com vitória. “A chuva ajudou a equilibrar a prova. A moçada anda muito forte, mas consegui ir bem”, afirmou o piloto. O segundo colocado foi Allex Alvarenga (#50), da Tomate Racing. Em terceiro chegou Alexandre Nogueira (#131), da Ratones Racing. O quarto lugar foi ocupado por Murillo Grandino Latorre (#954), da PZ  Racing, e Herbert Lucas (#23), da Tomate Racing, completou o pódio.

Copa Kawasaki Ninja 250R Pro – Carlos Pássaro (#77), da Duda Racing, foi ao lugar mais alto do pódio na Copa Kawasaki Ninja 250R Pro. O segundo colocado foi Marcelo Augusto Cristal (#9), da BordSak, seguido por Thiago Carvalho da Costa (#81), da Procomps Racing Team. O quarto a cruzar a linha de chegada foi Leandro Bressan (#17), da Bressan Racing, seguido por José Roberto Saraiva (#32), da Zé Ro Racing.

Copa Kawasaki Ninja 250R Light – Na categoria 250R Light da Copa Kawasaki Ninja, o vencedor foi Cristiano Aires (#14), da Serra Racing. Em segundo lugar chegou Dudu Rossini (#60), da Procomps Racing Team e Claudinei Costa Silva (#44) ficou em terceiro. O quarto a cruzar a linha de chegada foi Cleber Parrado (#117), da Procomps Racing Team, seguido por Norival Lotério (#58), da equipe Kawasaki/MB.

Copa Kawasaki Ninja 300cc Pro – Sabrina Paiuta (#88), da Mobil Rush Racing Team, conquistou a primeira vitória da temporada na Copa Kawasaki Ninja 300cc Pro. E foi de forma emocionante, ela cruzou a linha de chegada apenas 154 milésimos de segundo à frente de André Gama (#46), da Procomps Racing Team. “Foi emocionante correr na chuva. Felizmente saí vencedora”, afirmou. O terceiro colocado foi Marco Antonio Reis (#3), da Conexão Competições. A quarta posição ficou para Josué Bochecha Júnior (#404), da Gyn Racing Team. E Henrique Serra (#5), da Serra Racing, foi o quinto.

Copa Kawasaki Ninja 300cc Light – Diego Querzoli (#92), da Schultz Racing Team, foi o primeiro piloto da categoria 300cc Light. “Foi uma corrida tensa, mas consegui vencer pela primeira vez. Estou muito feliz”, afirmou. O segundo colocado foi Junior Bezerra (#19), da Team RI. Em terceiro chegou Maurício dos Santos (#13). O quarto foi Willian Rodrigo Ribeiro (#15), da WR Racing Team/Tuba Racing, com Fernando Xavier (#49), na quinta posição.

Honda Junior Cup – A futura geração do motociclismo nacional viveu intensamente o fim de semana em Interlagos. Os garotos da Honda Junior Cup estrearam na maior competição de motovelocidade da América Latina. De sexta a domingo eles tiveram noções teóricas e práticas do esporte sobre duas rodas. Participaram das atividades os jovens Rafael Traldi, Luiz Octávio Palma Nunes, Lucas Torres Mercado, Enzo Paschoalin, Davi Gomide e Bruno Marzola.